domingo, 16 de janeiro de 2011

LIÇÃO 4 - O PODER IRRESISTÍVEL DA COMUNHÃO NA IGREJA Lições Bíblicas do 1º Trimestre de 2011 - CPAD - Jovens e Adultos - Orientação pedagógica e subsídios. Professor Érick Freire

LIÇÃO 4 - O PODER IRRESISTÍVEL DA COMUNHÃO NA IGREJA Lições Bíblicas do 1º Trimestre de 2011 - CPAD - Jovens e Adultos - Orientação pedagógica e subsídios. Professor Érick Freire


Introdução

A aula dessa semana trata de um assunto muito importante, que é a união da igreja, ou seja, a igreja é um corpo e nós somos os membros dele. Devemos andar em comum acordo como na igreja primitiva catalogada em Atos dos Apóstolos.
Antes de começar a aula, oriento aos professores que se organizem antecipadamente todo o seu material para que não haja atropelos, pois nessa lição daremos duas dicas de dinâmicas que podem ajudar e muito o desenvolvimento da aula, são elas, O corpo e A unidade.


Início da aula
Sugiro que o amado professor inicie a aula com:

Dinâmica O Corpo
Objetivo: Exercitar o trabalho em equipe, desenvolver a comunicação, cooperação e planejamento.
Material: Cartolinas de cores diferentes, caneta hidrocor e cola.
Procedimento: Divida os alunos em equipes entregando-lhes cartolinas de cores diferentes. Peça-lhes que desenhem partes de um corpo: cabeça, pernas, braços, tronco, coxas, mãos, pés. Enfim, as partes serão divididas conforme o número de grupos existentes no ambiente. A segunda parte da tarefa será montar o quebra-cabeça até formar um boneco completo.
Em terceiro lugar, quando o boneco estiver pronto, mesmo que disforme, deve-se falar sobre o valor da união e da comunhão ao planejar. Por melhor que sejam os projetos, a forma correta de realizá-lo é em unidade, trocando idéias. As cores diferentes existentes no boneco indicam que o ser humano trás consigo peculiaridades diversas, mas todas precisam passar pelas mãos do Oleiro para moldá-lo e prepará-lo, fazendo então, parte do corpo, não como um estranho, mas como um irmão.
Agora repita o exercício no grande grupo. Todos juntos desenharão o boneco, observando todos os detalhes; assim, o corpo não será estranho, mas um corpo apreciado por todos.
Ao final coloque os dois bonecos em exposição.

Reflita: "Rogo-vos, pois, irmãos, pelo nome de Jesus, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissenções; antes, sejais unidos; antes, sejais unidos, em um mesmo sentido e em um mesmo ideal" (I Co 1.10).

I. A COMUNHÃO DOS SANTOS
Pergunte aos alunos: O que é comunhão? Como a igreja primitiva estava em unidade?
As respostas irão girar em torno de que comunhão é união, sintonia, amizade, partilhamento, andar num mesmo caminho e que a igreja primitiva era unânime no partir do pão, nos ideais, nos propósitos e que todos concordavam no que faziam.
Logo depois lance outro questionamento: Como poderíamos fazer para que a nossa igreja de hoje esteja em comunhão?
Eles irão responder que é muito difícil fazer o que a igreja primitiva fazia, que a maioria das pessoas só pensam em si e em seus problemas. Aí você fala que é possível a igreja ter unidade, quando a igreja é espiritual e luta pelas coisas do Espírito, ou seja, quando damos o lugar ao Espírito de Deus andamos em sua vontade e concordamos mais com os outros do que quando estamos centrados simplesmente em nossos problemas e dificuldades. E que quando andamos no Espírito e a comunhão aparece, isso agrada aos olhos de Deus.

Agora tenho outra dica de dinâmica para antecipar o tópico.

II. A COMUNHÃO CRISTÃ CARACTERIZADA PELA UNIDADE

Dinâmica Unidade
Objetivo: Desenvolver o sentido de unidade e fraternidade.
Material: Um copo de água, um antiácido (Sonrisal, por exemplo) e bolinhas de isopor.
Procedimento: Inicie a dinâmica falando sobre a Igreja como o Corpo de Cristo; ele é um organismo que não pode existir sem que seus membros estejam em homogeneidade. Os ensinos bíblicos perpetuam e reforçam essa unidade, fixando com antecedência na alma dos irmãos as similitudes essenciais que a vida coletiva necessita. A consciência de unidade desenvolve em cada indivíduo o senso de responsabilidade, garantindo assim sua estabilidade no grupo.
Depois da introdução, comece a dinâmica dividindo a turma em dois grupos e entregando um copo de água com um comprimido de sonrisal para o primeiro grupo e bolinhas de isopor em um copo de água para o segundo grupo. Peça que as duas equipes façam uma análise e reflitam:
1º grupo:  Comparar um novo convertido com o comprimido de sonrisal.
- O que aconteceu quando o comprimido entrou em contato com a água?
- Na igreja, quando uma pessoa chega, perde logo a sua identidade?
- Como acontece esse processo?
- Na interação da água + comprimido surgiu um novo elemento, o remédio, um elemento útil para quem estiver doente. Pergunta-se: Como você observa a transformação sofrida pela ação da Palavra de Deus na vida do homem?
- Analisando os dois elementos separadamente, observamos que ambos perderam a sua identidade primária por um projeto maior - ser remédio. Pergunta-se: Por que é difícil renunciar?
2º grupo: Comparar a pessoa sem Cristo, com a mistura água + isopor.
- Houve interação entre a água e o isopor? Por quê?
- Como agem as pessoas que não tiveram um encontro com o amor de Deus?
- Por que egoísmo e individualismo podem ser considerados como aspectos nocivos a fraternidade?
- Será que também na igreja existem pessoas que não estão em Unidade com Cristo? Como isso ocorre?


Dando prosseguimento a aula agora fale: "Existem quatro unidades principais na igreja primitiva, ou seja, a igreja no seu início, que são Unidade doutrinária, Unidade da própria comunhão, Unidade do partir do pão e Unidade das Orações, então pergunto a vocês, observando a nossa igreja local, como conseguimos detectar essas quatro unidades no dia de hoje?" Alguns irão responder que é difícil encontrarmos, outros podem dizer que isso está escasso na igreja, outros dirão que há unidade doutrinária, mas a unidade na comunhão, partir do pão e da oração estão escassas, aí você pergunta, Por que só na unidade doutrinária? Alguém irá dá a resposta, porque cada um só pensa em si e esquece de se unir com os irmãos, às vezes tenta até passar por cima dos irmãos e se tem alguma coisa pensa assim "Que se vire cada uma com seus problemas!", você então pergunta: Como podemos resolver isso? Espere as respostas e conclua com o que você compreende por comunhão e comente sobre o trabalho social que sua igreja faz (se é que o faz).


III. OS FRUTOS DA COMUNHÃO


Faça uma árvore em cartolina (preferencialmente branca) e faça 5 frutos separados (preferencialmente vermelhos) com os cinco frutos da comunhão cristã e cole o primeiro Temor a Deus e comece a falar sobre ele, dê espaço para seus alunos interagirem também, depois escolha um aluno e o entregue o segundo fruto Sinais e maravilhas e peça para ele fazer um comentário, daí esse aluno escolhe outra pessoa e assim até o quinto e último fruto.


Conclusão


Finalize a lição falando que deve partir de cada um de nós a comunhão da igreja, que não adianta ficarmos falando, falando teoricamente em voltarmos ao cenáculo, se verdadeiramente não tomarmos a posição de igreja com responsabilidades espirituais, sociais e culturais em coletivo e com Unidade de espírito, pois o Espírito santo quer operar em nosso meio, mas isso só ocorrerá cabalmente se estivermos em verdadeira e sincera comunhão cristã.


BOA AULA E A PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO PARA TODOS!!!


CONSULTAS


COSTA, Débora Ferreira da. Dinâmicas Criativas para o ensino bíblico, Rio de Janeiro, 2004, CPAD.


FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido (manuscrito em português de 1968). Publicado com prefácio deErnani Maria Flori. Rio de Janeiro, paz e Terra, 1970, 218p


FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Prefácio de Edna Castro de Oliveira. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1997.


FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. São Paulo, Olho
D´Àgua, 1993, 127 p.



Reações:

8 comentários :

  1. GRAÇA E PAZ AMADO! GOSTEI MUITO DA LIÇÃO. A COMUNHÃO DA IGREJA É DE FATO O MEIO PELO QUAL ELA SUBSISTE. UMA IGREJA SEM UNIÃO, SEM COMUNHÃO, NÃO PODE DURAR MUITO TEMPO.PAULO DIZ QUE PRECISAMOS CONGREGAR, PORQUE ELE SABIA QUE QUANDO ESTAMOS JUNTOS, CRESCEMOS. A UNIÃO NO CORPO DE CRISTO O FORTALECE, E A IGREJA QUE PERMANECE UNIDA, CRESCE UNIDA, SE UM ESTÁ FELIZ TODOS ESTÃO, SE UM FICA TRISTE TODOS TAMBÉM FICAM E ASSIM POR DIANTE.QUANDO NÃO EXISTE COMUNHÃO CADA UM TOMA SEU PRÓPRIO RUMO E NÃO PENSA NA MAIORIA, ISSO É TRISTE.JESUS VEIO PARA CONSTITUIR UM CORPO, UMA UNIDADE, ONDE NÃO HÁ MAIS HOMEM NEM MULHER, ESCRAVO OU LIVER, TODOS SÃO UM EM CRISTO!

    DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO E INSPIRANDO

    PR.SAMUEL

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pastor!
    Que Deus te abençoe no teu ministério.

    E a maior verdade que o senhor escreveu é que Jesus veio constituir um corpo e não há raça, sexo nem situação financeira que se oponha ao que Jesus quer!!!

    Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  3. Realmente Erick! Não existe comunhão. O que mais se vê em igrejas é o egoísmo, a supremacia de um diacono ou presbitero sobre as outras pessoas. O que faz elas serem pisoteadas.
    É triste, mas é a pura verdade, o orgulho de posições elevadas que tanto assola o mundo já existe nas igrejas a mais de uma década.

    Abraços

    muito bom seu artigo

    ResponderExcluir
  4. Só complementando o comentário do Blog Convivencia Esperada:
    O orgulho das posições elevadas sempre existiu, não somente há uma década.
    Entre os discipulos havia uma disputa de quem era o maior. Caim matou Abel por inveja. E essa mesma inveja assola a igreja impedindo a união e fraternidade. Infelizmente é assim.

    ResponderExcluir
  5. É verdade Erlon!
    E o que você achou das dinâmicas para a aula?

    ResponderExcluir
  6. Muito bom! Amanhã teremos esta lição na EBD!!!
    Paz!

    ResponderExcluir
  7. Amei a lição Érick, e nesse fimde semana irei aplicar na reunião de mulheres...

    Deus abençoe, obrigado irmão


    Sim, e ainda estou esperando aqueles conogramas para estudar rssrrs...
    Shalommm

    ResponderExcluir
  8. Amado irmão a paz do senhor Jesus. Amei o estudo e as dinâmicas, tenho lutado para ver a união, a comunhão ser uma realidade entre mim e meus irmão onde congrego, buscando um estudo para EBD sobre união amei este vou realiza-lo.Obrigada Deus continue abençoando sua vida um abraço fraternal Patricia.

    ResponderExcluir

Faça valer a sua ideia!